No post de hoje falaremos sobre os aromas encontrados em vinhos brancos, normalmente mais suaves e cAi??tricos, fornecendo corpo adequada e a sensaAi??A?o de frescor, perfeita para o verA?o.

Os aromas do vinho podem ser classificados como primA?rios, secundA?rios e terciA?rios. Os primA?rios provA?m das uvas utilizadas no processo de fabricaAi??A?o, (Chardonnay e Cabernet Saufignon, por exemplo), enquanto os secundA?rios sA?o aromas adquiridos no processo de elaboraAi??A?o do vinho, durante a fermentaAi??A?o e o amadurecimento em barris de carvalho. JA? os terciA?rios sA?o conhecidos como ai???bouquetai???, aromas adquiridos apA?s o processo de engarrafamento, muito mais complexos de serem definidos.

Celito Guerra, enA?logo pesquisador da Embrapa, explica cientificamente que os aromas primA?rios sA?o provenientes de compostos quAi??micos, pois as uvas sA?o compostas por orgA?nicos volA?teis, como carotenoides, terpenA?is e pirazinas, Isso significa que, mesmo sem muitas vezes saberem desses conceitos cientAi??ficos, os enA?golos entendem que se colherem uvas Cabernet Sauvigon antes do tempo a pirazina, um dos compostos da uva, podem nA?o ter completado seu processo quAi??mico e doarA?o ao vinho um aroma de pimentA?o verde.

Enquanto os aromas primA?rios sA?o mais frescos, normalmente exalando aromas frutados, florais, vegetais, herbA?ceos e minerais, os aromas secundA?rios puxam mais para o cheiro de madeira, manteiga, levedura, tostados e enxofre. Os terciA?rios sA?o mais etAi??reos e fechados, como os odores animais, quAi??micos, mofo e tartufo.

Nos vinhos brancos Ai?? comum os aromas de frutas cAi??tricas, frutas do pomar, frutas tropicais, verdes, florais, frutas secas, madeiras, especiarias, minerais e confeitaria.
aromas

AnA?lise tAi??cnica

Em uma anA?lise mais tAi??cnica dos aromas, podemos caracterizar os vinhos quanto:

*Sanidade: Se o lAi??quido cheira estragado ou nA?o
*Intensidade ou ataque aromA?tico: quantidade de aroma que o lAi??quido permite Ai??s nossas narinas
*Complexidade: variedade de cheiros e essA?ncias que podem ser reconhecidas
*Recolhimento: Identificar e nomear os aromas que compAi??e o aroma final.
*Qualidade: PadrA?o designado individualmente de acordo com o paladar do degustador
*Originalidade: Capacidade de produAi??A?o de cheios mais complexos, raros e intrigantes.
*PersistA?ncia: O tempo que o odor permanece no nosso olfato.
*EvoluAi??A?o: Aromas que evoluem conforme o tempo passa e o lAi??quido comeAi??a a aflorar
*Aroma de boca: impressAi??es retronasais percebidas entre boca e nariz. Cialis Black without prescription Kamagra Chewable without prescription, generic zithromax. , lioresal reviews.