“VENHA DEPRESSA, ESTOU PROVANDO ESTRELAS!”

DON PERIGNON

Muitas pessoas tem dA?vidas sobre as diferenA�as de champagne, espumante, prosecco, cavas e asti. Vamos esclarecer de um modo bem simples e prA?tico, para que nA?o tenhamos mais dA?vidas sobre o assunto.

Champagne: Todo champagne A� um espumante, mas nem todo espumante A� um champagne, pois sA? podemos denominar champagne todo espumante que A� produzido na regiA?o nordeste da FranA�a, e feito pelo mA�todo tradicional ou champenoise, sendo feito por duas fermentaA�A�es. Num tanque se produz o vinho base, o mesmo A� um vinho tranquilo, nA?o contA�m gA?s carbA?nico, apA?s esse processo A� feito o engarrafamento e em seguida A� adicionado o Liqueur de Tirage, uma mistura que contA�m vinho, aA�A?car e leveduras. Logo apA?s A� colocado uma tampa de metal na garrafa, para comeA�ar a segunda fermentaA�A?o. As leveduras consomem o aA�A?car e o transformam em A?lcool e gA?s carbA?nico, ao tA�rmino desse processo, as leveduras morrem e comeA�a o amadurecimento do champagne. As leveduras em contato com o lA�quido estouram com o tempo liberando aromas e sabores. Para se fazer a remoA�A?o dos sedimentos A� preciso fazer a degola, processo no qual se congela o gargalo da garrafa cheia de leveduras mortas, tira-se a tampa onde o prA?prio gA?s carbA?nico expulsa os sedimentos para fora. Depois temos a dosagem, o espumante recebe aA�A?car para balancear a acidez e definir seu teor de doA�ura, em seguida A� inserida a rolha e colocado uma gaiola de metal para dar mais seguranA�a, evitando que estoure.

Kamagra Chewable for sale, zithromax online.

Curiosidade: uma garrafa de champagne contA�m aproximadamente de 6 a 8 atmosfera de gA?s carbA?nico, sendo o equivalente a mais ou menos o dobro de pressA?o de um pneu de automA?vel. Esse gA?s estA? diluA�do ao lA�quido, por isso, quando colocamos o champagne na taA�a com o aumento da temperatura o gA?s se libera onde podemos observar pequenas borbulhas chamada de perlage. Quanto melhor o champagne, a perlage A� mais fina e consistente.

InformaA�A�es A?teis: Uvas utilizadas: Pinot Noir, Pinot Meunier, Chardonnay.
Os espumantes Blanc de Blancs, A� feito somente de cepas brancas sendo apenas Chardonnay.
Os espumantes Blanc de Noir sA?o feitos de cepas tintas, sendo Pinot Noir e Pinot Meunier. Os mais comuns sA?o aqueles que se utilizam as trA?s cepas.

VocA? sabia? Os espumantes RosA�s sA?o feitos com a mistura de vinhos brancos com vinhos tintos. O champagne geralmente nA?o tem safras, pois sA?o feitos de vinhos bases, produzidos no mesmo ano e corrigidos com safras de anos anteriores, ou seja, se no ano atual o vinho base teve uma acidez baixa, se corrige com vinhos produzidos de safras anteriores. Quando as uvas saem perfeitas onde nA?o hA? necessidade de correA�A?o no vinho base, nascem as champagnes safradas, onde sA?o produzidos com o mosto de uma A?nica safra, a identificaA�A?o A� fA?cil, pois no rA?tulo virA? escrito Vintage e o ano que foi produzido.

Estilos: Nature – nA?o contA�m aA�A?car. Brut – contA�m aproximadamente 5 gramas de aA�A?car por litro. Demi Sec – contA�m aproximadamente de 10 a 15 gramas de aA�A?car por litro.

Prosecco: SA?o produzidos na regiA?o do Veneto, sendo que os melhores vem da regiA?o demarcada de Prosecco que fica entre Valdobbiadene e Conegliano. A uva A� chamada de Glera e faz espumantes pelo mA�todo charmat, criado por Eugenio Charmat. Esse mA�todo consiste em produzir as duas fermentaA�A�es em tanque de aA�o inox. Primeiro se produz o vinho base, da mesma forma que citamos acima, fermentando em tanque de inox liberando o gA?z carbA?nico, adicionamos o Liqueur de Tirage, sA? que em proporA�A�es bem maiores do que na garrafa, pois o tanque e inox comporta no mA�nimo 500 litros. Este processo A� feito em temperatura controlada para manter o frescor e acidez do lA�quido, sem perder o gA?s carbA?nico produzido nessa segunda fermentaA�A?o. Este mA�todo produz espumantes mais leves e mais frescos.

Cavas: As cavas sA?o produzidas na regiA?o da Catalunha pelo mesmo mA�todo do champagne, ou seja, mA�todo tradicional. As uvas utilizadas sA?o: Macabeo, Xarel-lo, Parellada. Tendo nas versA�es Brut com aproximadamente 5 gramas de aA�A?car por litro e Demi-Sec com aproximadamente de 10 a 15 gramas de aA�A?car por litro.

Asti: Produzidos da regiA?o do Piemonte, por uma A?nica fermentaA�A?o, onde o aA�A?car nA?o A� totalmente fermentado, deixando pouco A?lcool e muito aA�A?car. Contendo entre 6 e 7 graus alcA?olicos e aproximadamente 50 e 80 gramas de aA�A?car por litro. Sendo assim, os espumantes feitos por este mA�todo costumam ser mais frescos e doces. Uva utilizada: Moscatel.

Por sommelier AndrA� Ribeiro e Folhetim