Uma boa garrafa de vinho é a estrela de uma comemoração na medida certa! Você pode usá-lo tanto para recepcionar os convidados servindo-o na taça quanto aproveitar seus aromas e complexidade para cozinhar.

Confira uma lista das receitas deliciosas que podem ser feitas com uma garrafa de um bom vinho ou com as sobras da comemoração da noite anterior!

Cozinhar

A bebida só traz benefícios ao prato: adiciona umidade e profundidade de sabores, amacia a carne e pode ser usada no preparo de molhos, que dão um charme à produção. Enquanto um vinho branco complementa a acidez de molhos untuosos e amanteigados, a marinada com o vinho tinto fornece maciez e suculência. Além disso, o álcool equilibra a gordura de carnes e de molhos pesados.

Também é possível fazer o clássico molho de redução de vinho (1 taça de vinho tinto seco, 2 colheres de açúcar, 2 colheres de aceto balsâmico e 1 colher de tempero pronto), que forma uma calda grossa para ser jogada por cima de carnes e legumes.

shutterstock_94152169

Não deixe a sobremesa fora do menu e utilize vinho tinto, açúcar, água e sagu para preparar um sagu ao vinho divino.  Para outras sugestões, prepare uma calda doce de vinho para acompanhar o prato.

A regra na hora da escolha é uma só: não sirva à mesa o que não serviria à taça. Um bom rótulo não modifica uma receita, mas um vinho de péssima qualidade pode estragar o prato. Outra dica para quem quer tomar algumas taças de vinho e mesmo assim preparar o prato com ele é utilizar rótulos que utilizem a mesma uva: se você gosta de Malbec, escolha um menos trabalhado para o prato e outro mais encorpado para servir.

Vinagre caseiro

Uma das grandes preocupações ao se guardar o vinho depois de aberto é o medo de que ele se transforme em vinagre. É algo que acontece, mas não de um dia para o outro (nem mesmo de uma semana para a outra). Caso o objetivo seja preparar um vinagre caseiro com o vinho que sobrou da noite anterior, saiba que a transformação só acontece depois de meses, quando o líquido entra em contato com a bactéria acética. Para acelerar o processo, misture um pouco de vinagre às sobras.

como-fazer-vinagre-caseiro-1

Congelar

Uma das formas mais eficientes de se conservar o vinho é congelá-lo. Apesar de ele já ter entrado em contato com o ar, as baixas temperaturas diminuem a rapidez da oxidação e permite que ele não estrague. Para isso, você pode colocá-lo em um recipiente de vidro fechado ou distribuí-lo em formas de gelo para utilizá-lo em pouca quantidade e aos poucos.

gelo

Preparar bebidas

O verão brasileiro pede bebidas refrescantes, como a bebida espanhola sangria. A receita vai um pouco de vinho, frutas da época e, muitas vezes, refrigerante de limão ou água com gás. Já nos dias mais frios, a programação é se esconder embaixo do cobertor com uma boa xícara de vinho quente, que leva como ingrediente a canela, trazendo aconchego e sensação de bem-estar.

SANGRIA-II1